Achei Cabo Frio - Guia comercial e turístico
Página inicial do site Achei Cabo Frio
Home
Comércio de Cabo Frio
Comércio
Indústria de Cabo Frio
Indústria
Serviços de Cabo Frio
Serviços
Hospedagem - Hotéis e Pousadas de Cabo Frio
Hospedagem
Restaurantes de Cabo Frio
Restaurantes
Entre em contato
Contato
 Sábado, 30 de Agosto de 2014
 Mapa do Site Achei Cabo Frio
Prefeitura
História
Pontos Turísticos
Praias
Dados Gerais
Como Chegar/Mapas
Galeria de Fotos
Shopping Online
Cursos Online
Fusos Horários
Associação Devotos de Fátima
 
Adicionar Favoritos
Adicione esse site ao seu bookmark.
 
Página Inicial
Coloque esse site como sua página Inicial.
 
 

Modal Básico Dialogo

Avaliando

Ache em Cabo Frio     

História de Cabo Frio

Primeiros habitantes


Há mais ou menos seis mil anos, um bando de famílias nômades desembarcou nas terras em que, hoje, se encontra a cidade de Cabo Frio.

Essas famílias chegaram em canoas e acamparam numa ilha rochosa batizada, posteriormente, de Morro dos Índios, localizada na barra da Lagoa de Araruama. Neste local foi encontrado um sítio arqueológico que, hoje, nos permite saber mais sobre esses grupos.

O grupo nômade apenas retirava da natureza tudo que necessitava para sobreviver e tendo esgotado tais recursos abandonava o local.
Nômades - Achei Cabo Frio
Nômades
 
 

Os Índios


Após este período a região foi conquistada por guerreiros indígenas Tupinambás, há cerca de 1500 anos atrás.

Os restos arqueológicos destas aldeias indígenas foram encontrados na região de Cabo Frio (Araruama, São Pedro D’Aldeia e Arraial do Cabo), e mostram que os Tupinambás possuíam mais conhecimentos biológicos da região e dos
Índios Tupinambás - Achei Cabo Frio
Índios Tupinambás
mares costeiros, ricos em crustáceos, gastrópodes e moluscos. Por tudo isso o pescado tornou-se a base da alimentação tupinambá.

Os índios desenvolveram também a horticultura de várias espécies, destacando-se, entre elas, o cultivo da mandioca. Muito importante como complemento alimentar era a caça, atividade exclusivamente masculina.

O Morro dos Índios e a Duna Boavista seriam uma espécie de acampamentos de pesca e coleta de moluscos. A Fonte do Itajuru, próximo ao Morro da Guia, era na época, a única forma segura de abastecimento de água na restinga. Porém, o mais importante dos sítios da região e um dos mais relevantes do Brasil pré-histórico, está localizado no Morro da Guia. Formado pelo complexo de pedras sagradas do Itajuru ai foi encontrado o santuário da mitologia Tupinambá.

Atravéz de sulcos e pequenos círculos esculpidos em blocos de granito preto, os Tupinambás contam as histórias de seus heróis e feiticeiros. Segundo eles, quando esses homens, que ensinavam, sobretudo, a amar a vida, morriam, eram transformados em estrelas, até que o sol os enviasse ao Atajuru, sob a forma de pedras sagradas, para serem venerados. Caso estas pedras fossem quebradas ou roubadas, todos os índios desapareceriam da face da terra.

 

Américo Vespúcio – 1503


Em 1503, após sofrer um naufrágio em Fernando do Noronha, a expedição de Américo Vespúcio se dirpersou, sobrando apenas 2 navios sob seu comando, seguindo assim a viagem até a Bahia e chegando então a Cabo Frio, onde construiu uma fortaleza na Barra de Araruama com o objetivo de explorar o Pau-brasil e defender a costa dos corsários.
Expedição de Américo Vespúcio -  Achei Cabo Frio
Expedição de Américo Vespúcio

Vinte e quatro homens foram deixados nesta fortaleza.
Com essa construção teve início a conquista do continente, porém ela foi totalmente destruída pelos índios por causa de fortes desavenças que haviam entre os dois grupos.

A partir de 1540, em virtude do forte policiamento naval português na região nordeste, os franceses exploraram o litoral e descobriram os recursos naturais de Cabo Frio. A partir daí começaram a traficar pau-brasil e outras mercadorias, junto com os índios. Em 1556, construíram uma fortaleza, no mesmo local que a anterior, marcando assim seu domínio.

   

A Guerra


Apenas em 1575, Antônio Salema, governador do Rio de Janeiro, reuniu um poderoso exercito com o objetivo de acabar com o domínio francês na região de Cabo Frio, que já durava mais de vinte anos.

Após este verdadeiro massacre, onde morreram muitos índios e franceses, os
Guerra - Achei Cabo Frio
portugueses estabeleceram um bloqueio naval mais eficiente.

Com a perda da independência de Portugal para a Espanha, entre 1576 e 1615, o porto de Araruama voltou a ser freqüentado por franceses, ingleses e holandeses, todos em busca do pau-brasil.

   

A Colonização


Constantino Menelau, então governador do Rio de Janeiro, recebeu ordens do rei Filipe III, da Espanha, para retornar a região e estabelecer uma povoação com cerca de 400 homens brancos e índios catequizados.

Em 13 de novembro de 1615, finalmente, foi fundada a Cidade de Santa Helena do Cabo Frio, a sétima mais antiga do Brasil, na barra de Araruama.
Forte São Mateus - Achei Cabo Frio
Forte São Mateus

Rico fazendeiro da região, Estevão Gomes, foi nomeado, em 1616, Capitão-mor de Cabo Frio e transferiu a povoação para o atual bairro da Passagem, e passou a se chamar de Nossa Senhora da Assunção de Cabo Frio. Teve início então a construção do Forte São Mateus, que ficou totalmente pronto em 1620. Deu início também a distribuição de terras a amigos e apadrinhados influentes, formando assim os latifúndios.

A pesca e a exploração das salinas naturais passaram a ser a atividade principal dos habitantes da cidade. Nos latifúndios passaram a se dedicar a criação de gado, onde índios catequizados e africanos além de trabalharem também se dedicavam a agricultura, a caça e a pesca.

   

O ínicio do desenvolvimento


Apenas entre os anos de 1650 e 1660, a cidade teve um impulso no desenvolvimento, graças a crise do sal português que veio a desabastecer o Brasil, e com isso despertou a atenção para a cristalização natural do produto na Lagoa de Araruama. Um novo centro urbano surgiu junto a atual Praça Porto Rocha, com a construção da Igreja de Nossa Senhora da Assunção, o sobrado
Operários trabalhando nas salinas - Achei Cabo Frio
Operários trabalhando nas salinas
da Câmara e da cadeia, a abertura da Rua Direita (hoje Érico Coelho). Em 1696 o Convento de Nossa Senhora dos Anjos foi inaugurado pelos Franciscanos.

   

A Expansão


No início do século XVIII o Forte de São Mateus foi guarnecido e rearmado, para proteger a cidade de possíveis ataques. Nessa época a cidade já podia contar com um regimento de cavalaria e com infantaria. Possuía cerca de 1500 habitantes e 350 casas, além de outros 10 mil habitantes espalhados por toda a capitania. A Igreja de Nossa Senhora da
Foto Antiga de Cabo Frio
Assunção foi aumentada e foram construídas a Igreja de São Benedito no Largo da Passagem e a Capela de Nossa Senhora da Guia no Morro do Itajuru.

Toda essa expansão era um reflexo do sucesso das várias atividades econômicas, na época. A produção era exportada para o Rio de Janeiro, inclusive o sal, que apesar da repressão portuguesa a produção era abundante.

Em 1822 a independência do Brasil foi apoiada com grande entusiasmo pela Câmara de Cabo Frio, que se fez presente aos festejos em homenagem a Dom Pedro I. A recompensa veio mais tarde com a chegada do Major Engenheiro Bellegard, enviado pelo governo imperial. Bellegard construiu um farol na Ilha do Cabo Frio para evitar naufrágios e levantou os pregões da ponte sobre o Canal do Itajuru, e também instalou na cidade o telégrafo.

O prédio da Charitas foi levantado pela iniciativa própria do Major Bellegard e outros cidadãos com o objetivo de abrigar recém-nascidos que eram deixados em uma roda, por mães solteiras pobres, durante a noite.

Bellegard também projetou e abriu as primeiras ruas de Cabo Frio, dando a cidade o primeiro plano de urbanização.

   

A vinda de Dom Pedro II


Dom Pedro II veio a Cabo Frio no ano de 1847 e fez uma doação para a construção do teto da Fonte do Itajuru e também para manter e instalar uma enfermaria no Charitas. Essa enfermaria seria, mais tarde, de grande valia por ocasião das devastadoras epidemias de febre amarela e varíola no século XIX.

O Imperador também visitou o estabelecimento das Salinas Perynas, de propriedade do alemão Lindemberg, que com seu incentivo adotou novos métodos de produção mineral, tendo o parque salineiro de Araruama se modernizado.
D. Pedro II - Imperador do Brasil - Achei Cabo Frio
D. Pedro II
2º Imperador do Brasil

O porto e a barra de Araruama foram ampliados com novos recursos do governo imperial, no final do século XIX, dando passagem a navios maiores, fatores que facilitaram a exportação dos produtos regionais.

   

O Crescimento Econômico


Vários fatores influenciaram a economia e o crescimento de Cabo Frio, como a abolição da escravatura, a Proclamação da República e o desenvolvimento da construção naval, porém, apesar das atividades produtivas terem se diversificado bastante, o sal ainda continua a ser o mais notável recurso da região.

Cabo Frio antigo - Achei Cabo Frio
Com a chegada da ferrovia Niterói-Cabo Frio, as melhorias no porto do Arraial do Cabo e a inauguração da rodovia Amaral Peixoto houve um aumento significativo na produção de sal, principalmente por ter facilitado o transporte até a Capital da República e outras cidades. O auge desse crescimento ocorreu na década de 60 com as usinas de beneficiamento de sal em Cabo Frio e a construção da Companhia Nacional de Álcalis, em Arraial do Cabo.

Trabalhadores foram atraídos para a região devido a crescente industrialização e com o turismo, atividade que começa a despontar em Cabo Frio por suas belíssimas praias.

   

Cabo Frio hoje


Nos anos 90 começa a sobressair a indústria da moda praia e hoje Cabo Frio é o maior pólo produtor no país, tornando-se referência nacional e internacional. O bairro da Gamboa abriga a Rua dos Biquínis, um shopping a céu aberto onde se encontram as melhores lojas da cidade no ramo.

Rua dos Biquinis - Gamboa Shopping - Achei Cabo Frio
Rua dos Biquinis - Gamboa Shopping
Com tantas belezas naturais, um clima excelente e melhoria das vias de acesso, nada mais natural do que a cidade ser descoberta por turistas. No início era procurada por ricos aventureiros do Rio de Janeiro e por praticantes de esportes náuticos e submarinos.

Cabo Frio passou a ser procurada por cariocas e mineiros que instalaram aqui residências de veraneio, e as inúmeras formas de diversão foram surgindo como clubes, restaurantes, barzinhos, casas noturnas e serviços comerciais e de abastecimento.

Hoje a Cidade de Cabo Frio conta com excelente infra-estrutura hoteleira, energia elétrica de qualidade, bons colégios e hospitais. E a recente vinda de universidades tem contribuído muito para a educação dos jovens de toda a região.

Selo - Cabo Frio 500 anos
Selo - Cabo Frio 500 anos
A partir da década de 90 o desenvolvimento e a urbanização tiveram grande impulso devido aos royalties pagos ao Município, pela exploração de petróleo na Bacia de Campos.
Sobe
Imobiliárias em Cabo Frio




Afiliados Cursos 24 Horas - Ganhe Dinheiro com seu site

Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado

 Página processada em 0,00 segundos.

6.362.750 visitas
.. ..
 © Copyright 2005/2014 - Carlos Marques - Internet Soluções  |  Site desenvolvido por Carlos Marques